Bolsas

Câmbio

Venda supera aluguel em mercado de apartamento de luxo em NY

Oshrat Carmiel

(Bloomberg) -- A Extell Development está desistindo do plano de colocar 38 unidades de sua torre One57 para aluguel. Em vez disso, a construtora de Manhattan resolveu vendê-las neste momento de queda da demanda por aluguéis de luxo causada pelo excesso de oferta.

Os apartamentos, do 32º ao 38º andar do arranha-céu da West 57th Street, serão colocados à venda com preços a partir de US$ 3,45 milhões, disse a Extell em um comunicado na segunda-feira. A construtora concluiu que o mercado de venda de apartamentos nessa faixa, perto do extremo inferior do que é considerado luxo, está melhor do que o de aluguéis de alto padrão.

"Nós reconhecemos a demanda por apartamentos com um tamanho eficiente e de luxo abaixo dos US$ 10 milhões", disse Gary Barnett, presidente da Extell, no comunicado. "Não há absolutamente nenhum produto comparável atualmente no mercado".

Os aluguéis de luxo estão proliferando em Manhattan em um momento em que os compradores de apartamentos caros, em muitos casos investidores de fora da cidade, tomam posse de seus apartamentos e depois rapidamente o colocam para alugar. A oferta adicional está derrubando os aluguéis das unidades mais caras. A mediana de aluguéis mensais de um apartamento de luxo em Manhattan -- unidade que representa os 10 por cento superiores do mercado -- caiu 3,5 por cento em março em relação ao ano anterior, para US$ 8.228, disseram a avaliadora Miller Samuel e a corretora Douglas Elliman Real Estate em um relatório na semana passada.

"Eu partiria do pressuposto de que eles não tinham força no mercado de aluguel de luxo", disse Jonathan Miller, presidente da Miller Samuel, sobre o plano da Extell. "O segmento mais fraco do mercado de aluguéis é o de aluguéis de luxo".

A Extell, que inicialmente planejava reservar os andares mais baixos da torre de 306 metros de altura para aluguéis, tentou anunciar unidades para aluguel no 37º andar em maio passado, segundo o site de anúncios StreetEasy. Os preços variavam de US$ 13.350 por mês por um apartamento de um quarto com 95 metros quadrados a US$ 50.366 por mês por um de três quartos.

A Extell também havia tentado vender as 38 unidades de aluguel em um único pacote para investidores externos por US$ 250 milhões, reportou o Wall Street Journal em novembro.

Totalmente mobiliado

As unidades agora listadas para venda -- a maior delas, um duplex de 431 metros quadrados e quatro quartos -- serão entregues totalmente mobiliadas, segundo o comunicado da construtora. Sete das 38 unidades terão preços de mais de US$ 10 milhões, disse Anna LaPorte, porta-voz da Extell.

Os preços de venda serão mais baixos do que os de muitos que já foram comprados no One57, onde uma cobertura vendida por US$ 100,5 milhões é o negócio residencial mais caro já concretizado em Manhattan. Assim como os moradores dos andares mais altos, os compradores das novas unidades terão acesso a serviços de hotelaria do Park Hyatt New York, localizado no edifício. Entre as instalações recreativas do One57 estão uma sala de projeção e um espaço para performance, estacionamento próprio, uma piscina coberta e uma biblioteca.

"Trata-se de uma grande oportunidade para os compradores terem acesso à qualidade, ao estilo de vida e às instalações do One57 nessa faixa de preço", disse Barnett no comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos