Vale diz que acordo com Fortescue esbarra no preço

Jesse Riseborough e Agnieszka de Sousa

(Bloomberg) -- A Vale, maior exportadora de minério de ferro do mundo, informou que as negociações com a Fortescue Metals para formação de uma joint venture estagnaram na discussão a respeito de como definir o preço de seus produtos.

"As discussões comerciais estão demorando muito mais do que o esperado", disse Peter Poppinga, diretor da divisão de minerais ferrosos da Vale, em entrevista em Londres, na terça-feira. "Não veremos nada acontecer em 2016".

As duas empresas assinaram um acordo em março para misturar seus minérios diferentes, um pacto que pode tornar a produção de alta qualidade da Vale mais comercializável e elevar o valor do produto da Fortescue, a quarta maior exportadora do mundo. O CEO da Fortescue, Nev Power, disse em entrevista, em julho, que alguns trabalhos de testes em laboratório tinham sido terminados e que o plano final seria concluído "em breve".

"Existe uma possibilidade de que esse acordo possa não ocorrer a curto prazo", disse Poppinga. "A longo prazo, ainda estou otimista. Acreditamos que poderemos ter um acordo, mas não vai ser tão cedo".

O diretor financeiro da Fortescue, Stephen Pearce, disse que as discussões continuam. "Continuamos esperançosos de que um acordo será fechado nos próximos meses", disse ele por email.

A Fortescue subiu 153% neste ano até terça-feira e apresenta o melhor desempenho entre as 100 maiores empresas da Austrália. A exportadora se beneficiou com o rali de preços do minério de ferro e com os esforços para quitar dívidas, reduzir custos e expandir margens.

O minério de ferro de referência subiu 29% em 2016, frustrando uma série de previsões do início do ano de que a demanda moderada na China e a crescente oferta de baixo custo derrubariam os preços.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos