Bolsas

Câmbio

Bilionários

Jeff Bezos da Amazon pede ideias sobre filantropia pelo Twitter

Edwin Chan

  • Mark Lennihan/AP

    Jeff Bezos, fundador da Amazon

    Jeff Bezos, fundador da Amazon

(Bloomberg) -- Bloomberg) -- Jeff Bezos fez fortuna vendendo coisas pela internet para os consumidores americanos. Agora ele está recorrendo às massas em busca de ideias para devolver parte dessa fortuna.

O bilionário fundador da Amazon.com tuitou um pedido de ideias --de qualquer pessoa-- a respeito de como estimular mudanças imediatas por meio de trabalhos de caridade.

Esse pedido atraiu cerca de 10 mil comentários desde a noite de quinta-feira (15) de pessoas que defendiam, por exemplo, ajuda a jovens desabrigados e à comunidade LGBT e até pagamentos aleatórios em dinheiro para os americanos.

"Acho que estou atraído pelo outro extremo do espectro: o agora", disse ele, em uma postagem para seus 230 mil seguidores. "Eu quero que boa parte da minha atividade filantrópica seja ajudar as pessoas aqui e agora --a curto prazo--, na interseção entre a necessidade urgente e o impacto duradouro."

Os impulsos filantrópicos de Bezos surgem no momento em que ele está mais perto de se tornar a pessoa mais rica do mundo, segundo o Bloomberg Billionaires Index.

Atualmente número 2, com uma fortuna líquida estimada em US$ 82,8 bilhões (no ranking da revista "Forbes", Bezos é o terceiro mais rico do mundo), o CEO da Amazon se une a outros líderes corporativos do Vale do Silício, como Bill Gates, para estudar formas de compartilhar sua riqueza.

Além de ser um benfeitor da Universidade de Princeton, sua alma mater, o presidente do Conselho da Amazon apoia esforços como, por exemplo, pesquisas sobre o câncer.

Em sua postagem no Twitter, ele mencionou o Mary's Place --um lar para desabrigados apoiado por sua empresa-- como exemplo do tipo de trabalho que prefere atualmente.

Bezos, um tuiteiro pouco frequente, começou a pedir ideias depois que "The New York Times" o questionou sobre seu nível de entrega, segundo um artigo do jornal. Bezos disse que, apesar de geralmente se sentir atraído por trabalhar em desafios de longo prazo, agora está à procura de ideias de impacto rápido.

"E se você achar essa abordagem errada, adoraria ouvir a respeito também", escreveu Bezos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos