Bolsas

Câmbio

Grandes sucessos da TV trocam Netflix pela bem financiada Hulu

Lucas Shaw e Gerry Smith

(Bloomberg) -- O leilão da reprise de "This is Us" começou com os suspeitos de sempre. A pioneira do streaming Netflix ofereceu milhões para transmitir o sucesso de um ano da NBC, um drama familiar que envolve várias gerações. Assim como fez a Amazon.com, gigante do comércio eletrônico com ambições cada vez maiores em mídia on-line.

No entanto, os direitos de transmissão nos EUA foram para um comprador mais novo: a Hulu, o serviço rival pertencente a quatro grandes empresas de mídia, incluindo duas que criaram e transmitiram "This Is Us". A empresa e a NBC ofereceram cerca de US$ 3,5 milhões por episódio pelos direitos da 21st Century Fox, que produziu o programa, disseram pessoas a par do assunto. Esta foi uma das maiores ofertas de licenciamento já feitas pela Hulu, disseram as pessoas, que pediram anonimato por falarem sobre um acordo privado.

Com a ajuda das empresas mais endinheiradas de Hollywood, a Hulu poderia mudar a cara do crescente negócio da TV pela internet. Depois de anos licenciando filmes e programas para a Netflix para compensar a queda de suas próprias vendas de DVD, as proprietárias Walt Disney, Comcast, 21st Century Fox e Time Warner estão dando à Hulu o apoio de que esse serviço precisa para ser um concorrente vigoroso. Elas também podem obter um controle maior sobre o próprio futuro à medida que o público aderir à internet, onde a previsão é de que a transmissão de filmes e programas de TV irá gerar US$ 46 bilhões neste ano em todo o mundo.

Para competir com rivais maiores, a Hulu, com sede em Santa Mônica, Califórnia, está investindo cerca de US$ 2,5 bilhões em filmes e programas em 2017 -- muitos pertencentes a serviços concorrentes. Neste ano, a empresa adquiriu os direitos de mais de 3.000 episódios de TV, incluindo "Nova Iorque Contra o Crime" e "Bernie Mac, Um Tio da Pesada", da Fox, "Black-ish" e "Fresh Off the Boat", da ABC, e os antigos sucessos da NBC "Will & Grace" e "Um Maluco na TV". A Hulu também se tornou o primeiro serviço de streaming a ganhar o Prêmio Emmy de melhor drama, com o seriado distópico "O Conto da Aia".

"Isso ajuda", disse Rich Greenfield, analista da BTIG Research. Assim "há mais para ser feito. Ainda não há muitos originais de alto nível na Hulu".

Alguns dos programas comprados pela Hulu, como "Bernie Mac" e "Um Maluco na TV", estavam na Netflix. A empresa com sede em Los Gatos, Califórnia, que originalmente era um serviço de aluguel de DVD por correio, absorveu todos os programas de TV e filmes que conseguiu licenciar das grandes empresas de mídia. A Netflix gastou cerca de US$ 1 bilhão em streaming em 2012, um ano antes de exibir seus primeiros seriados originais de sucesso "House of Cards" e "Orange Is the New Black".

No entanto, o relacionamento da Netflix com as gigantes da mídia ficou mais tenso recentemente. A Disney e a Fox culpam a Netflix pela queda do público da TV ao vivo, pela consequente perda de assinantes de TV a cabo e pela receita de publicidade fraca. A Disney informou em agosto que vai tirar seus filmes da Netflix em 2019 e vai reservá-los para um serviço de streaming próprio, ainda sem nome.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos