PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Cidade dos EUA envia carta romântica à Amazon em vez de proposta

Margaret Newkirk

20/10/2017 10h37

(Bloomberg) -- "Não é você, somos nós." Assim começa um anúncio de página inteira na edição de quinta-feira do jornal Washington Post, assinado com amor por Little Rock, Arkansas. Tratava-se de uma carta aberta para informar à Amazon que a cidade não apresentaria proposta para receber a nova mega sede da empresa -- e para lembrar que a cidade é um ótimo lugar para as empresas menores se instalarem.

Little Rock -- com menos de 200.000 habitantes --, para começar, era uma candidata pouco provável para abrigar os 50.000 funcionários prometidos pela Amazon. Com a carta, publicada no último dia de entrega das propostas sob o título "Ei, Amazon, precisamos conversar", a cidade aproveitou o oba-oba em torno da empresa para fazer um pouco de marketing. "Ficamos felizes em saber que muitas grandes empresas consideram irresistível a nossa boa aparência natural, combinada com os nossos cérebros para os negócios."

A cidade é a mais recente a virar as costas publicamente para a maior guerra de ofertas por uma sede corporativa dos últimos tempos.

Outras foram menos amáveis.

As autoridades de San José e Toronto também disseram que não participarão da corrida para oferecer incentivos à Amazon e um porta-voz de Toronto chamou a disputa de competição de subornos.

Em San Antonio, o prefeito Ron Nirenberg, juntamente com o juiz do condado de Bexar Nelson Wolff, publicou uma carta aberta na semana passada dizendo que acreditava que a Amazon já sabia onde instalaria sua nova sede e que estava usando o processo de ofertas públicas para criar uma enorme guerra comercial entre cidades e estados: "Claro, temos um conjunto competitivo de ferramentas de incentivos, mas não é nosso estilo entregar o ouro cegamente."

Nenhuma cidade foi tão amável quanto Little Rock, que nunca teve chances com a Amazon de todos modos e cuja carta convidou a empresa a pensar nela se algum dia quiser fazer algo não tão grande.

"Se surgir outra oportunidade de expansão e você estiver pronta para se unir aos visionários, sonhadores, românticos e idealistas que sabem que o maior nem sempre é o melhor, ligue para nós", disse a carta de término de relacionamento da cidade. "Desejamos a você todo o sucesso do mundo."