PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Reserve seu hotel um mês antes de comprar a passagem de avião

Nikki Ekstein e Chris Rovzar

25/10/2017 15h14

(Bloomberg) -- A Hopper, do aplicativo que o ajuda a definir o momento ideal para reservar uma passagem aérea, está começando a prestar atenção em uma área que vai possibilitar economias cada vez maiores: os hotéis.

Nesta quarta-feira, a Hopper lança um novo recurso para monitorar os preços de hotéis e prever se as diárias vão subir ou cair -- primeiramente, na cidade de Nova York, com planos para começar a se expandir pelos EUA no início de 2018. Com base em dados regressivos, o aplicativo mostrou potencial para os usuários economizarem em média US$ 270 em uma viagem de uma semana ou até US$ 720 em oito noites. "Isso significa que você poderá alavancar a tecnologia da Hopper para economias muito maiores quando se tratar de hotéis", disse Frédéric Lalonde, fundador e CEO da empresa, à Bloomberg. Em comparação, o aplicativo possibilita que os usuários economizem US$ 50 em um voo doméstico comum nos EUA ou US$ 120 por voo internacional.

Assim como as projeções das passagens aéreas, as previsões de tarifas de hotel da Hopper serão resultado da mineração profunda de dados: a empresa atualmente possui 100 milhões de pontos de dados só na cidade de Nova York, cobrindo os preços de 600 hotéis que abrangem 12 meses no passado e seis meses no futuro. (Desde sua fundação, em 2007, a empresa acumulou trilhões de pontos de dados para suas pesquisas de passagens aéreas, que cobrem todo o planeta, e adiciona 300 bilhões de pontos de dados novos por mês.)

No aplicativo da Hopper, tudo isso é sintetizado em recomendações simples e fáceis de entender. Primeiro, um calendário codificado por cores mostra aos viajantes se eles devem esperar preços mais altos ou mais baixos do que os normais nas datas preferenciais; é uma maneira simples de ver se ajustando as datas da viagem é possível abrir a porta para grandes economias. Então, o aplicativo oferece um conjunto limitado de hotéis -- selecionados pela equipe da Hopper para refletir as melhores opções em cada categoria de estrelas -- com conselhos sobre esperar ou reservar imediatamente.

Atualmente, o aplicativo lista 25 hotéis em toda a cidade de Nova York e cerca de um terço dessa oferta é composta por hotéis boutique e estadias luxuosas de cinco estrelas. Mais opções de alto nível serão adicionadas e o aplicativo incluirá mais de 50 hotéis de Nova York nas próximas semanas, disse Lalonde.

Uma regra geral

Lembram daquela história de reservar passagens aéreas às terças-feiras? A Hopper nos ajudou a derrubá-lo. Mas Lalonde diz que uma regra geral pode ser aplicada à maioria das reservas de hotéis. "Dois ou três meses antes é o melhor momento para reservar um hotel", explicou ele -- especificando que épocas de pico, como Nova York durante o Ano-Novo, podem exigir um planejamento com um ano de antecedência ou mais. Em compensação, é melhor reservar voos de lazer (para destinos não comerciais, como o Havaí) com apenas um mês de antecedência.

"Estamos descobrindo que você só deve começar a monitorar as passagens aéreas depois que tiver reservado seu hotel", acrescentou, dizendo que esta é a revelação mais interessante sobre reservas hoteleiras que ele já teve. Sua explicação: as companhias aéreas aumentam os preços aproximadamente duas semanas antes da partida, na expectativa de preencher os lugares remanescentes com viajantes de negócios que não têm flexibilidade. Os hotéis, por sua vez, tendem a preencher os quartos com mais antecedência.

PUBLICIDADE