Bolsas

Câmbio

Goldman exige 100% de margem para liquidar futuros de bitcoin

Sonali Basak e Dakin Campbell

(Bloomberg) -- Como condição para liquidar as operações, o Goldman Sachs Group exigiu que alguns clientes separassem montantes iguais ao valor total de suas apostas em contratos futuros de bitcoin, de acordo com pessoas com conhecimento desses investimentos.

A imposição do banco fez com que alguns clientes preferissem a concorrência, informaram as fontes, que pediram anonimato. As diretrizes do Goldman incluem outras exigências de margem. A Options Clearing requer 44 por cento para liquidar contratos negociados na Cboe Global Markets e a CME Group vai exigir 47 por cento quando começar a negociar futuros de bitcoin, na semana que vem.

"As decisões sobre margem se baseiam em diversos fatores e variam de um caso para outro", afirmou em comunicado a porta-voz do Goldman, Tiffany Galvin.

O banco sediado em Nova York é um dos poucos que fazem a liquidação das operações desde que a Cboe começou a oferecer os contratos futuros, no início da semana. A volatilidade da moeda digital fez com que muitos grandes bancos adiassem a liquidação dessas transações. Options Clearing e CME elevaram as exigências de margem diante das oscilações violentas nesse mercado.

Não é raro uma corretora impor exigências mais rígidas que uma plataforma de negociação. A Interactive Brokers Group ? que afirma ter processado 53 por cento das transações com futuros de bitcoin no primeiro dia de negociação na Cboe ? vai exigir margem de 50 por cento para posições compradas e aproximadamente 240 por cento para posições vendidas, com base nos níveis atuais, de acordo com a porta-voz Kalen Holliday.

A exigência de margem representa quanto o investidor precisa separar para que os outros envolvidos na negociação saibam que eventuais perdas podem ser cobertas. As diretrizes para os futuros de bitcoin indicam margens muitas vezes maiores do que as exigidas para commodities como ouro e petróleo.

--Com a colaboração de Rob Urban

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos