Bolsas

Câmbio

Metrô chileno agora funciona principalmente com energia limpa

Vanessa Dezem

(Bloomberg) -- O metrô de Santiago agora funciona principalmente com sol e vento, graças a uma das maiores petroleiras do mundo.

A Total e a desenvolvedora solar SunPower concluíram um parque solar de 100 megawatts na região de Coquimbo, no Chile, que possibilitará que o sistema de metrô da capital receba 60 por cento de sua eletricidade de fontes limpas, disse a presidente do Chile, Michelle Bachelet, em comunicado. O metrô, usado diariamente por 2,2 milhões de pessoas, também recebe energia de um parque eólico.

A SunPower, de propriedade majoritária da Total e com sede em San José, na Califórnia, iniciou o trabalho na usina solar El Pelicano em 2016.

O Chile triplicou a geração de energia renovável nos últimos quatro anos e atualmente recebe 19 por cento de sua energia de fontes limpas, segundo Bachelet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos