Bolsas

Câmbio

Fundo oferece saída fácil para quem investe em moedas digitais

Natalie Obiko Pearson

(Bloomberg) -- Os gestores de um novo fundo de investimento têm um conselho para quem ganhou muito dinheiro com Bitcoin antes do último tombo da moeda virtual: diversifique e evite o destino daqueles que apostaram nas empresas ponto-com e foram aniquilados.

"Eles precisam diversificar, pegar uma parcela dos lucros e fazer como Mark Cuban", disse Marcus New, da canadense InvestX Financial, se referindo ao bilionário que fez fortuna nos primórdios da internet. "O que tentamos fazer é facilitar bastante isso."

Diversos fundos já aceitam dinheiro para aplicar em moedas virtuais, mas New entende que seu fundo é o primeiro a fazer o oposto: aceitá-las para investir em uma classe tradicional de ativos, no caso companhias que estão prestes a abrir o capital.

Há motivo para os fluxos caminharem na direção contrária. Nove fundos acompanhados pela Eurekahedge que compram moedas digitais subiram 1.167 por cento em 2017, tornando irrisório o retorno de 8 por cento dos fundos de hedge globalmente.

Sediada em Vancouver, a InvestX afirma que o fundo que lança nesta quinta-feira vende prudência, não as maiores taxas de retorno. A meta é levantar US$ 100 milhões.

"Muitas pessoas que investem em moedas digitais têm crença de longo prazo de que essa classe de ativos vai render a elas centenas de milhões de dólares, por isso estão migrando de Bitcoin para moedas alternativas", explicou New. "Ouvi exatamente a mesma coisa na época das ponto-com, trocando 'moedas alternativas' por 'ação ponto-com'."

Ainda não se sabe se a InvestX conseguirá convencer os novos ricos em moedas digitais a abandonar esse investimento. Quem aposta em Bitcoin enfrenta dificuldades para monetizar esse patrimônio: vendedores esperam dias para converter moedas digitais em dinheiro, enquanto os custos para transações diárias são muito altos. Os verdadeiros fiéis têm aversão ideológica a vendê-las, por acreditarem que o sistema financeiro global será reformulado.

A queda recente da Bitcoin e moedas do gênero pode mudar a opinião de muita gente. A Bitcoin recuou para menos de US$ 10.000 na quarta-feira, acumulando perda superior a 50 por cento desde que bateu recorde há apenas um mês. As exigências cada vez maiores de autoridades reguladoras ao redor do mundo estão abalando o apetite por moedas digitais.

A InvestX aceitará moedas digitais para investimentos em empresas que se preparam para abrir o capital. A estrutura também pode oferecer benefícios tributários aos investidores, ao passo que os governos tentam levar uma fatia dos lucros gerados com moedas digitais.

Os investidores podem usar Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Litecoin e Dash para comprar unidades do fundo, transferindo as moedas digitais diretamente para a carteira digital da InvestX, que então vai fazer a conversão para dólares usando a taxa de câmbio à vista. O fundo vai investir em 12 a 15 companhias, cada uma com valor de mercado mínimo de US$ 1 bilhão e meta de crescimento médio de pelo menos 40 por cento. As empresas também precisam apresentar evidências de "evento de liquidez" - abertura de capital, fusão ou venda - dentro de 12 a 36 meses. New estima que apenas 50 companhias no mundo todo preenchem esses critérios.

"Os investidores em moedas digitais em geral são muito globais, como também são essas companhias em estágio avançado - a maioria dos investidores terá familiaridade com elas", ele disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos