ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Bank of America Merrill Lynch ama bancos de mercados emergentes

Cormac Mullen

15/06/2018 15h02

(Bloomberg) -- A queda de 17 por cento das ações de bancos dos mercados emergentes desde janeiro representa uma oportunidade de compra, segundo o Bank of America Merrill Lynch.

"Nós gostávamos desses bancos antes dessa queda significativa, e como a valorização de 5 por cento do dólar americano foi única mudança nos últimos dois meses, consideramos que eles estão ainda mais atraentes", escreveram estrategistas, incluindo Ritesh Samadhiya, em nota publicada nesta sexta-feira. "Com base no preço de sua franquia de depósito, no crescimento do crédito e na penetração do crédito, os bancos brasileiros, indonésios, indianos, poloneses e mexicanos parecem bons para nós."

A combinação entre dólar mais forte, aumento das taxas de juros nos EUA e fuga de ativos na Turquia, no Brasil e na Argentina derrubou os títulos dos mercados emergentes, incluindo as ações dos bancos. O MSCI EM Banks Index caiu 17 por cento em relação ao pico deste ano, atingido no fim de janeiro.

Os bancos turcos acumulam queda de 45 por cento em relação ao pico deste ano até o momento, os bancos brasileiros tiveram recuo de 38 por cento, e os russos, de 30 por cento em dólares, segundo o BofAML. As perdas são uma chance de comprar ações, pontuou.

"Acreditamos que estamos no meio de um longo bull market na Ásia e nos mercados emergentes", escreveram os estrategistas. "Tirando Argentina e Turquia, e talvez as Filipinas, a vulnerabilidade financeira é baixa", afirmaram.

Os bancos indianos estão particularmente atraentes agora que o índice do sentimento dos investidores do BofAML registrou uma leitura de "pânico", segundo os estrategistas.

"Recomendamos fortemente a escolha de alguns bancos por lá para tirar vantagem dessa perturbação", escreveram.

Mais Economia