ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

BHP Billiton encontra comprador para mina de cobre no Chile

David Stringer e Brett Foley

19/06/2018 12h39

(Bloomberg) -- A BHP Billiton concordou em vender sua menor mina de cobre no Chile para a EMR Capital Advisors, uma firma de private equity que investe em recursos naturais, por até US$ 320 milhões já que a maior mineradora do mundo foca em operações maiores.

A aquisição da EMR da mina Cerro Colorado encerra a longa tentativa da BHP de se livrar do ativo. O Deutsche Bank informou em relatório, no ano passado, que o ativo poderia alcançar US$ 800 milhões. A BHP concordou em pagar US$ 230 milhões em dinheiro, mais US$ 40 milhões em rendimentos de ações de cobre e cerca de US$ 50 milhões dependendo dos preços do cobre.

O acordo deve ser fechado no quarto trimestre, disse a BHP em comunicado. A Bloomberg informou na terça-feira que os dois lados estavam próximos de um acordo.

A mina no norte do Chile produziu cerca de 65.000 toneladas de cobre no período de um ano até junho de 2017 e o local tem opções que poderiam expandir sua vida útil por décadas, segundo comunicados da BHP.

A EMR, que no ano passado adquiriu o controle da mina de cobre Lubambe, na Zâmbia, "acredita muito" no metal e estava analisando mais acordos possíveis, disse o CEO Jason Chang, em entrevista, em agosto. Em março, o fundo se associou à PT Adaro Energy, da Indonésia, em um acordo de US$ 2,25 bilhões pela operação de carvão Kestrel, da Rio Tinto Group, na Austrália.

As produtoras de cobre, incluindo a Rio Tinto, têm advertido sobre a expectativa de déficit no mercado que elevará os preços no início da próxima década quando a demanda crescente enfrentar a ausência de oferta nova. Neste mês, a Mitsubishi fechou acordo de US$ 600 milhões com a Anglo American para ampliar sua participação no projeto de cobre Quellaveco, no Peru.

A licença ambiental de Cerro Colorado termina em 2023 e depois disso novos termos para o uso da água precisarão ser negociados. As partes interessadas consideraram a questão em suas ofertas, disse o presidente de operações minerais para as Américas da BHP, Daniel Malchuk, em entrevista, em março.

--Com a colaboração de Nicholas Larkin, Joe Richter e Helen Robertson.

Repórteres da matéria original: David Stringer em Melbourne, dstringer3@bloomberg.net;Brett Foley em Melbourne, bfoley8@bloomberg.net

Mais Economia