PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Vendedores de residências em NY reduzem preços como em 2009

Oshrat Carmiel

21/09/2018 11h45

(Bloomberg) -- Cansados de esperar comprador, os vendedores de residências da cidade de Nova York reduziram os preços de quase 800 anúncios em uma única semana neste mês, maior redução desde pelo menos 12 anos.

No período de uma semana até 9 de setembro, 774 residências em Manhattan, Brooklyn e Queens sofreram cortes no preço, maior total para um período de sete dias registrado desde 2006, segundo relatório divulgado na sexta-feira pelo website de anúncios imobiliários StreetEasy. O recorde semanal anterior ocorreu em março de 2009, durante a recessão global, quando 713 propriedades tiveram os preços reduzidos.

Os vendedores com anúncios mais antigos estão ajustando as expectativas em meio à chegada de uma série de propriedades mais novas ao mercado -- o que é habitual em Nova York após o feriado de Labor Day (Dia do Trabalhador, comemorado nos EUA na primeira segunda-feira de setembro). Na mesma semana de setembro, Manhattan registrou 662 anúncios adicionais, terceiro maior total semanal registrado pelo StreetEasy.

"É uma prova de fogo para os vendedores", disse Grant Long, economista sênior do StreetEasy. "Estamos em um período no mercado de vendas em que os vendedores têm se mostrado incrivelmente ambiciosos em relação aos preços pedidos. Eles precisam baixar, levar os preços para um ponto no qual realmente exista demanda."