ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Egito planeja abordar JPMorgan para participar de índice: Fontes

Mirette Magdy

01/10/2018 11h33

(Bloomberg) -- O Egito planeja abordar o JPMorgan Chase para ser incluído nos índices de títulos de mercados emergentes para impulsionar as entradas de recursos de investidores institucionais estrangeiros em seu mercado de dívida doméstico, disseram três pessoas a par do assunto.

Apesar de ainda não ter abordado o JPMorgan, o governo está tomando medidas para garantir que sua dívida possa se qualificar para inclusão no próximo ano, disseram as pessoas, que preferiram não ser identificadas porque a informação não é pública. O JPMorgan preferiu não comentar. Representantes do Ministério das Finanças não responderam imediatamente aos pedidos de comentário.

O plano surge depois que a demanda externa por dívida denominada em libra egípcia perdeu força com a forte queda dos ativos de risco. Mais de US$ 6 bilhões deixaram os títulos do Tesouro local no período de três meses desde o fim de abril, quando a volatilidade se espalhou pelos mercados emergentes.

A queda da demanda por títulos domésticos egípcios estimulou um aumento nos rendimentos, ampliando os custos de serviço da dívida justamente em um momento em que o país tenta reduzir seu déficit. O Egito cancelou os quatro leilões de títulos do Tesouro deste mês porque os investidores exigiram rendimentos mais elevados do que o país estava disposto a pagar. O governo espera que a inclusão no índice do JPMorgan incentive entradas passivas de recursos e ajude a diminuir a carga do serviço da dívida, disseram as pessoas.

O ministro das Finanças, Mohamed Maait, disse em entrevista, no mês passado, que o governo estava negociando com a Euroclear, que tem sede na Bélgica, a liquidação de suas transações de dívidas domésticas. Atualmente, os investidores precisam passar pelos bancos locais para liquidar as transações em notas e títulos do Tesouro. As pessoas informadas sobre o assunto disseram que garantir que as compras transnacionais de dívidas internas possam ser liquidadas de forma eficiente também ajudaria a facilitar a inclusão do Egito no índice.

A Arábia Saudita e outros quatro países do Golfo se qualificarão para inclusão nos índices de títulos de mercados emergentes do JPMorgan no fim de janeiro, o que poderá atrair bilhões de dólares em entradas passivas de capital.

Mais Economia