ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Pior mês para ações globais em anos? Não para o Brasil

Vinícius Andrade

31/10/2018 14h33

(Bloomberg) -- As ações brasileiras estão caminhando para o melhor mês desde janeiro, mesmo com as ações mundiais sofrendo sua maior queda mensal em seis anos e com os preços do petróleo seguindo para o pior mês desde 2016.

O Ibovespa subiu mais de 9% em outubro, ajudado pelo risco político menor e expectativa de que a administração do presidente eleito Jair Bolsonaro irá avançar com medidas para combater os problemas fiscais do país. Bolsonaro venceu seu rival de esquerda Fernando Haddad em 28 de outubro, com 55% dos votos.

Leia também:

O Ibovespa teve o melhor desempenho global entre 94 índices ao longo deste mês, subindo 18% em dólares e 9% em moeda local, segundo dados compilados pela Bloomberg.

O chefe de renda variável da Franklin Templeton no Brasil, Frederico Sampaio, diz que o novo Congresso - com membros conservadores ganhando assentos - deve dar a Bolsonaro uma "base razoável" para garantir a aprovação de medidas econômicas que ele prometeu ao longo da campanha. "O cenário local deve ser extremamente positivo para o crescimento dos lucros e para o mercado acionário brasileiro", escreveu ele em nota.

A partir de agora, o mercado estará à procura de sinais da nova administração, particularmente se a reforma da Previdência será aprovada, disse Marcos Buscaglia, sócio fundador da Alberdi Partners. "Há mais espaço para alta."

Mais Economia