PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Setor de energia da UE pode cumprir meta de Paris 5 anos antes

Jesper Starn

26/11/2018 15h04

(Bloomberg) -- A geração de eletricidade da Europa poderá praticamente se livrar das emissões de gases causadores do efeito estufa até 2045, cinco anos antes da meta estabelecida no acordo climático de Paris, segundo uma associação do setor de energia.

O cumprimento da meta exigirá mais investimentos em energias renováveis e redes, e serão necessários 111 bilhões de euros (US$ 126 bilhões) por ano do setor de energia e de outros para reduzir as emissões, segundo um estudo da Eurelectric, que representa mais de 3.000 empresas. Com a queda do custo da geração ecológica, a meta de Paris pode ser atingida antes e a um custo menor.

"As energias renováveis são um divisor de águas que modifica a equação do custo no sistema energético e tem papel fundamental na transição energética", disse Francesco Starace, presidente da Eurelectric e CEO da Enel. "Essa transformação exige uma ampliação do setor energético."

Para atingir a meta de Paris, será necessário que mais de 80 por cento de toda a geração seja proveniente de fontes renováveis. Ao mesmo tempo, são necessários sistemas para compensar as emissões de carbono das instalações remanescentes de geração convencional, que são mantidas como reserva para os dias de pouco vento ou sem sol.

Os preços da eletricidade para os consumidores ainda deverão aumentar, mas não tanto quanto se esperava. Até 2045, as tarifas médias de energia por atacado na Europa subirão cerca de 59 por cento, para de 70 a 75 euros por megawatt-hora. A faixa de valores contrasta com a perspectiva da Comissão Europeia, de cerca de 105 euros.