PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Oops. Samsung volta atrás em parceria com grife Supreme 'falsa'

Sam Kim

13/12/2018 15h53

(Bloomberg) -- A Samsung Electronics está cancelando um plano de colaboração previsto com uma versão questionada da grife de streetwear, Supreme, após virar alvo de zombarias e críticas dos consumidores.

A gigante coreana dos eletrônicos -- considerada uma das marqueteiras mais hábeis do setor de tecnologia -- provocou indignação nas redes sociais ao anunciar uma parceria com a Supreme, a grife de Nova York fundada por James Jebbia famosa pelo estilo ligado ao skate e ao hip hop. No lançamento de um smartphone, nesta semana, na China, um executivo da Samsung levou ao palco um homem apresentado como chefe da Supreme, que então começou a explicar -- em mandarim fluente -- os planos de abertura de uma loja grande e de organizar um desfile.

Acontece que a parceria na verdade foi fechada com a Supreme Italia -- a empresa com a qual a firma original de Nova York briga na Justiça por direitos autorais e que é acusada de falsificação. A empresa americana rapidamente desmentiu qualquer colaboração com a Samsung em um comunicado ao qual o portal Hypebeast teve acesso, no qual teria dito que as afirmações são "totalmente falsas".

Agora, a Samsung informa que está reavaliando a aliança.

"No momento estamos reconsiderando essa colaboração e lamentamos qualquer transtorno que isso possa ter causado", afirmou a Samsung em comunicado enviado por e-mail.

A gigante coreana não informou se sabia da disputa judicial antes do anúncio -- mas essa não seria sua primeira parceria global com empresas de design, já que colaborou anteriormente com marcas conhecidas como Swarovski, Giorgio Armani e até mesmo Hello Kitty. A gafe é mais um revés da maior fabricante de smartphones do mundo, cujo negócio tem perdido força frente aos ataques de rivais chinesas que estão intensificando suas campanhas de marketing.

--Com a colaboração de Myungshin Cho.