PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

As melhores cervejas artesanais americanas de 2018

Justin Kennedy

14/12/2018 16h04

(Bloomberg) -- Este foi mais um ano recorde para as pequenas cervejarias americanas, em que foram superados marcos no número de cervejarias, nos volumes de produção total e nas vendas. Embora a projeção do consumo total fosse de queda, as cervejarias artesanais mantiveram o crescimento de 5 por cento do ano passado em volume, segundo a Brewers Association, levando a uma nova projeção de alta de mais de 26 milhões de barris em 2018. Até outubro, o número total de cervejarias artesanais ultrapassou 7.000 e está prestes a registrar um aumento de 20 por cento em relação a 2017.

Isto significa que este é o melhor momento para ser um amante da cerveja e que, ao mesmo tempo, é muito difícil saber em qual gastar seu dinheiro. Aqui, nós apresentamos uma lista das nossas cervejas americanas favoritas que apareceram neste ano -- cervejas que vão das clássicas às da moda, das claras às escuras, das raras às produzidas em massa.

Embora muitas estejam disponíveis apenas em mercados locais ou de nicho, cada cerveja desta lista representa um estilo, uma cervejaria ou uma categoria que vale a pena conhecer em 2019.

Cerveja com muito lúpulo

Austin Beerworks Flavor CountryEstilo: Pale Ale 5,9 por cento ABVCidade da cervejaria: AustinO pó de lupulina, um concentrado de alta tecnologia de resinas e óleos de lúpulo extraídos criogenicamente, mudou tudo para os cervejeiros modernos. Com isso é possível acrescentar grandes buquês de lúpulo frutado e potente sem muito amargor. Essa é a razão pela qual esta pale ale supremamente lupulada da Austin Beerworks tem um gosto tão moderno, refrescante e revigorante. O lúpulo é um Centennial, Citra e Mosaic comum, mas o resultado final é etéreo.

Cerveja leve

Ardent Brewing PilsnerEstilo: Pilsner estilo alemão 5 por cento ABVCidade da cervejaria: Richmond, Virgínia.A Ardent vem fazendo discretamente a melhor cerveja em Richmond -- a nova meca da cerveja artesanal do sul dos Estados Unidos -- há anos. Essa cervejaria não é chamativa nem decorada como muitas de suas vizinhas prontas para o Instagram, mas é sólida e com personalidade, inabalável em sua dedicação a cervejas amargas e leves. Os resultados geralmente são excelentes. Um exemplo disso é a Pilsner, a melhor cerveja nova do lugar em 2018. Trata-se de um exercício de aperfeiçoamento de um estilo enganosamente complexo, com aromas delicados, mas em camadas de um lúpulo nobre e gramíneo e com um amargor suave.

Cerveja diferente

Holy Mountain VesperEstilo: cerveja de mesa 3,9 por cento ABVCidade da cervejaria: Seattle

As cervejas com baixo teor alcoólico raramente são emocionantes. Elas podem ser chatas e sem graça, mesmo se perfeitamente executadas, em uma tentativa de combinar com uma grande variedade de alimentos. Mas a Holy Mountain de Seattle encontrou uma maneira de criar profundidade e complexidade dentro desse estilo que poucos conseguiram alcançar. Esta cerveja de corpo leve tem grande efervescência e camadas sedutoras de frutas de caroço, cravo e feno. O fato de ela ter menos de 4 por cento de teor alcoólico mostra que até mesmo pequenas cervejas podem ser impressionantes.