IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Burger King avança em busca de reinado na terra do churrasco

Gerson Freitas Jr.

2019-01-09T18:01:15

09/01/2019 18h01

(Bloomberg) -- Os brasileiros estão comendo cada vez mais whoppers. No Brasil, conhecido em todo o mundo por suas churrascarias, o Burger King abre um novo restaurante a cada três ou quatro dias, segundo Iuri Miranda, o diretor-presidente do BK Brasil, que administra a rede de fast-food no país.

O ritmo acelerado fez do BK a empresa do setor que mais ampliou seu faturamento em todo o mundo nos últimos anos, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Com 736 restaurantes desde 2011, o 'Rei dos Hambúrgueres' está desafiando o McDonald's, atual dono da coroa do fast-food no Brasil. O McDonald's abriu seu primeiro restaurante no Rio de Janeiro em 1979 e possui 939 estabelecimentos atualmente.

Um jantar em uma churrascaria de ponta pode custar nada menos que R$ 167 por pessoa, sem contar as bebidas. Um whopper, o lanche mais icônico do Burger King, custa apenas R$ 20,90. Isso no momento em que a maior economia da América do Sul busca se recuperar de sua pior recessão em décadas.

"As redes de fast-food foram as únicas que não sofreram durante a crise", afirma Letícia Menegon, coordenadora do Centro de Desenvolvimento de Empreendedorismo da ESPM-SP. Segundo ela, o segmento vem se beneficiando do surgimento de uma nova classe de consumidores de baixa e média renda, que adquiriu o hábito de comer em restaurantes e passou a destinar uma maior fatia de seu orçamento com alimentação fora de casa. "As pessoas estão mudando seus hábitos alimentares", acrescentou.

Lanchonetes em cidades do interior

Considerando que apenas 10% dos restaurantes do Brasil são operados por redes, contra 60% nos EUA, há espaço de sobra para o BK Brasil continuar crescendo, segundo Miranda. A empresa tem buscado abrir novas lojas em cidades menores e no interior do Brasil, como Campo Mourão, município de 94 mil habitantes no estado do Paraná que produz soja e milho.

"A gente não vê por que, no médio prazo, reduzir esse ritmo", afirmou o executivo em entrevista na redação da Bloomberg em São Paulo. "A gente continua vendo crescimento de mercado".

O BK Brasil é um franqueado da Restaurant Brands International, empresa criada em 2014, quando o Burger King Worldwide Inc. comprou a rede canadense de cafeterias Tim Hortons Inc. A companhia é controlada pelos brasileiros da gestora 3G capital, cujos fundadores incluem o bilionário Jorge Paulo Lemann. A Restaurant Brands possui uma fatia indireta no BK Brasil.

Fundado em 1954, o Burger King é a segunda maior rede de hamburguerias do mundo.

Nova rede de frango frito

No ano passado, o BK Brasil fechou acordo com o Popeyes pelo direito exclusivo de desenvolver e operar a marca de frango frito no Brasil.

O BK Brasil planeja abrir 300 restaurantes Popeyes na próxima década. As ações da BK Brasil, que levantou cerca de R$ 2 bilhões em uma oferta pública inicial em São Paulo há um ano, subiram 16,7% desde então.

(Com a colaboração de Leslie Patton)

Mais Economia