IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Nomura planeja cortar dezenas de empregos na Europa e EUA

Donal Griffin e Takako Taniguchi

28/03/2019 15h48

(Bloomberg) -- A Nomura planeja cortar vagas de empregos nas áreas de trading e banco de investimento na Europa e EUA devido às dificuldades em obter lucro com corretagem no exterior, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

Executivos da empresa em Tóquio podem demitir mais de 100 operadores e bancários nas filiais do exterior, segundo essas pessoas, que pediram anonimato, pois a informação não é pública. As reduções devem ocorrer devido aos negócios problemáticos na Europa que já perderam bilhões de dólares na década passada, disseram. Koji Nagai, CEO da Nomura, e o chefe de serviços bancários, Steven Ashley, vêm sofrendo pressão por melhora nas filiais internacionais do grupo após anos sem produção sustentável de lucros. O CEO, que também enfrenta dificuldades no Japão, tem revisado os negócios da empresa e espera apresentar resultados até abril, o banco disse em janeiro.

Kenji Yamashita, porta-voz da Nomura em Tóquio, preferiu não comentar.

--Com a colaboração de Takashi Nakamichi, Bei Hu e Takahiko Hyuga.

Repórteres da matéria original: Donal Griffin em Londres, dgriffin10@bloomberg.net;Takako Taniguchi em Tóquio, ttaniguchi4@bloomberg.net

Mais Economia