PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Foxconn testa produção de novos IPhones na Índia: Fontes

Saritha Rai

02/04/2019 10h14

(Bloomberg) -- A Foxconn Technology deve iniciar nas próximas um projeto-piloto para a fabricação dos novos modelos de iPhones na Índia, em meio aos planos da Apple de voltar a ganhar mercado no país, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

Os modelos do iPhone X seriam fabricados em período experimental pela Foxconn antes do início da produção em larga escala em sua unidade nos arredores da cidade de Chennai, no sul do país, segundo pessoas que pediram para não serem identificadas, porque o plano ainda é confidencial. A Wistron já produz modelos mais antigos, como o iPhone 6s, iPhone SE e iPhone 7, em uma fábrica em Bangalore.

A Apple perdeu espaço na Índia, respondendo por 1% das encomendas do país, devido aos preços mais caros de seus dispositivos, que afastam os clientes no mercado que mais cresce no mundo. A produção na Índia ajudaria a empresa com sede em Cupertino, Califórnia, a evitar tarifas de importação de 20% e também atenderia à regra de 30% de conteúdo local. Com isso, a Apple poderia abrir lojas próprias no país.

"Vendo de Cupertino, o mercado indiano parece minúsculo, por isso a estratégia da Apple tem sido míope", disse Neil Shah, diretor de pesquisa da Counterpoint Research. "Eles não capitalizaram o potencial do terreno - a Índia ultrapassará a marca de meio bilhão de usuários de smartphones este ano."

Com a perda de participação no mercado chinês e o acirramento da guerra comercial EUA-China, a Apple precisa se diversificar com a Índia. "A Apple já não quer ter todos os ovos na mesma cesta", disse Shah.

Os indianos compraram mais de 140 milhões de smartphones no ano passado, mas a Apple vendeu apenas 1,7 milhão de unidades desse total, diante da preferência dos consumidores por modelos mais baratos da China. No site da Xiaomi na Índia, o modelo Redmi Note 7 custa 9.999 rupias (US$ 143), o que corresponde a 10% do preço do iPhone X vendido no país.

Nos dois primeiros meses de 2019, a Apple embarcou cerca de 150.000 dispositivos para a Índia e a expectativa é de uma queda de 50% no trimestre encerrado em março, na comparação com o ano anterior, segundo Shah.

Uma porta-voz da Apple não respondeu a perguntas enviadas por e-mail sobre a produção da Índia. A Foxconn não respondeu imediatamente a um e-mail pedindo comentários.

A linha de produção indiana Hon Hai Precision Industry, da Foxconn, atenderá ao mercado local e de exportação quando a Apple anunciar seus próximos modelos de iPhone em setembro, segundo as fontes.

A Foxconn tem duas linhas de produção nos estados de Andhra Pradesh e Tâmil Nadu, no sul da Índia, onde fabrica dispositivos para a Xiaomi e Nokia. Com uma parte maior da produção na Índia, Apple e Foxconn também diversificariam a localização das fábricas hoje concentradas na China, em meio às tensões comerciais com os EUA.

O jornal Hindu informou em dezembro que a Foxconn fabricaria iPhones na unidade de Chennai em 2019, citando um anúncio em reunião ministerial liderada por Edappadi K. Palaniswami, ministro-chefe do estado de Tâmil Nadu.