PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Ex-jogador de rúgbi inglês lança hedge fund de ações

William Canny

08/05/2019 11h23

(Bloomberg) -- O ex-jogador de rúgbi da seleção da Inglaterra e campeão do mundo Dan Luger está lançando um fundo de ações com posições vendidas e compradas, batizado de Monaco Alpha, que pretende adotar uma abordagem diferente de alguns hedge funds de maior porte que, segundo Luger, erraram a mão.

Luger, que marcou 27 "tries", ou pontos, para seu país em 38 jogos, vai administrar o fundo com outros dois gestores de portfólio, Didier Bodart e Simone Patrese, segundo material de marketing visto pela Bloomberg News.

O Monaco Alpha vai administrar 250 milhões de euros (US$ 280 milhões) em ativos, com foco em ações europeias. O fundo vai adotar um estilo de investimento de sobreposição macro, destinado principalmente a empresas europeias de grande e médio porte, com o objetivo de identificar negócios onde o mercado não esteja precificando corretamente os lucros futuros.

Segundo Luger, muitos hedge funds "erraram a mão e se tornaram direcionais e pesados demais".

"O desempenho abaixo da média do mercado dos hedge funds é explicado por serem muito grandes ou por aplicarem estratégias de negociação com muitas opções", disse Luger em comunicado. "Queremos voltar ao modelo real de um fundo no qual temos posições compradas e vendidas e somos impulsionados por um catalisador".

O tamanho relativamente pequeno do Monaco Alpha significa que o fundo tem a vantagem de ser "ágil e flexível", disse.

O fundo teve um lançamento discreto no começo do ano com 10 milhões de euros de investimento privado de dois atletas profissionais de Mônaco. O marketing para o lançamento de maior alcance deve começar em breve, segundo o prospecto do fundo.

Luger, de 44 anos, estreou na seleção da Inglaterra em 1998 em um jogo contra a Holanda. Ganhou a Copa do Mundo com a seleção em 2003. Nas ligas locais, Luger jogou no Harlequins e Saracens, antes de se mudar para jogar na França.

Luger tem 10 anos de experiência em vendas e trading com a Tavira Securities. Bodart trabalhou em bancos de investimento nos EUA e na Europa por 25 anos, enquanto Patrese atua no setor há 17 anos, tendo começado no JPMorgan Chase.

Para contatar o editora responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net