PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

SocGen planeja reduzir operações no Brasil

Fabio Benedetti Valentini

20/05/2019 14h45

(Bloomberg) -- O Societe Generale planeja reduzir suas operações de banco de investimento e corporate no Brasil, além de enxugar as mesas de operações nos EUA dedicadas à América Latina, como parte de um plano para reorientar os negócios, disseram pessoas a par do assunto.

O banco francês está revendo toda a sua presença no Brasil, e pode decidir deixar apenas um escritório de representação, segundo as fontes, pedindo para não serem identificadas porque o assunto é confidencial. As mesas dos EUA vão ver cortes profundos, disseram.

O banco não quis comentar.

O SocGen deixou a área de banco de varejo no Brasil em 2015, com a demissão de mais de 1.000 trabalhadores. A instituição tinha cerca de 350 pessoas no país no final de 2018, uma queda de 15% em relação ao ano anterior. O banco empregava cerca de 149.000 pessoas no final de março, segundo dados compilados pela Bloomberg.

O SocGen está procurando proteger sua liderança global em derivativos de ações, ao mesmo tempo em que sai ou enxuga negócios menos lucrativos. O banco planeja corte custos de 500 milhões de euros (US$ 558 milhões) e de 1.600 vagas em todo o mundo.