PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Brexit impulsiona carreira política de autoridades da UE

Ian Wishart

29/05/2019 15h33

(Bloomberg) -- O Brexit tem impulsionado carreiras políticas na União Europeia. No Reino Unido, tem sido causa de ruína.

Os principais negociadores do Brexit da UE estão em alta. Uma semana depois da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, ter sido forçada a renunciar ao cargo, crescem as expectativas de que o principal negociador da UE para o Brexit, Michel Barnier, será escolhido para um dos postos mais poderosos do bloco.

Com o apoio do presidente francês Emmanuel Macron, Barnier é agora o segundo favorito para assumir a presidência da Comissão Europeia este ano. Barnier viajou pelas capitais europeias nos últimos três anos tentando costurar uma posição unificada para o Brexit; agora, visita esses governos e é enaltecido como o político que lucrou com a saída do Reino Unido do bloco.

No Reino Unido, o destino dos envolvidos com o processo do Brexit pode ser muito diverso. May renunciou ao cargo de primeira-ministra entre lágrimas, por não ter conseguido que seu acordo para a saída do bloco fosse aprovado. O mais cotado para assumir seu lugar, o ex-secretário de Relações Exteriores, Boris Johnson, enfrenta um processo sobre alegações de que teria fornecido informações falsas sobre a UE antes do referendo de 2016.