PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Novos sensores da Airbus vão monitorar movimentos de passageiros

Justin Bachman

12/09/2019 16h38

(Bloomberg) -- Atenção para quem esquece da vida em banheiros de companhias aéreas: a próxima geração de aeronaves da Airbus vai monitorar quanto tempo você fica no toalete.

Tudo faz parte de um esforço para tornar as cabines comerciais um domínio com reconhecimento digital. O programa é a tentativa da Airbus de impulsionar a Internet das Coisas - a expressão da moda para aparelhos domésticos conectados - a uma altitude de cruzeiro.

A Experiência Conectada da Airbus tem como objetivo fornecer aos comissários de bordo uma pesquisa mais detalhada da cabine, com sensores para dados fundamentais como quando o sabão do banheiro está acabando e a quantidade de papel higiênico restante em cada banheiro. Mas repensar o ambiente dos passageiros não se resume aos banheiros.

Em cada assento, o cinto de segurança emitirá um sinal vermelho para indicar que está solto e verde quando apertado. O objetivo é o embarque e a partida mais rápidos, dispensando aqueles comissários de bordo que verificam esses detalhes. A equipe também terá acesso a informações sobre o que está a bordo e onde, como quais carrinhos de cozinha contêm refeições específicas, como pedidos especiais ou seleções vegetarianas.

"Não é um conceito, não é um sonho: é realidade", disse Ingo Wuggetzer, vice-presidente de marketing de cabine da Airbus, durante uma feira de aviação em Los Angeles na terça-feira. A Airbus começou a testar a cabine conectada em sua aeronave A350 e planeja introduzi-la na família A321 em 2021, seguida pela série A350, de dois corredores, dois anos depois.