PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Andrade Gutierrez emitirá US$ 425 mi em troca de bonds: Fontes

Aline Oyamada e Pablo Gonzalez

05/12/2019 15h15

(Bloomberg) -- A construtora Andrade Gutierrez pretende emitir até US$ 425 milhões em títulos de dívida denominados em dólares com vencimento em 2024 em meio a uma troca de dívida para melhorar seu perfil financeiro.

A maior parte das novas notas, que pagará um cupom de 9,5%, será oferecida aos detentores de títulos com vencimento em 2021 que aceitaram a troca proposta no final de novembro, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto, que pediram para não serem identificadas porque as informações não são públicas. Os títulos restantes serão vendidos a um grupo privado de investidores.

A Andrade Gutierrez não quis comentar.

Até terça-feira, 87,74% dos detentores de US$ 356 milhões em notas com vencimento em 2021 concordaram em receber os novos títulos de cinco anos, disseram as pessoas.

Esses investidores terão um prêmio e receberão 102,5 centavos de dólar para cada um dos títulos antigos. Aqueles que concordarem com a oferta até 17 de dezembro, o prazo final, receberão apenas 97,5 centavos de dólar, disseram as fontes.

Os detentores de títulos que não concordarem com a troca podem manter as notas de 2021 até o vencimento, mas os títulos perderão suas garantias. Isso porque a empresa obteve aprovação de pelo menos 75% dos detentores para transferir as garantias das notas existentes para as novas.

Os novos títulos serão lastreados em ações da CCR, empresa na qual a Andrade Gutierrez detém participação.

A Andrade Gutierrez está tentando melhorar seu perfil de dívida e seu rating de crédito, depois de enfrentar nos últimos anos a desaceleração econômica e as investigações da Lava Jato. A empresa está a caminho de triplicar a receita neste ano, disse uma das pessoas.

A empresa perdeu seu status de grau de investimento da Fitch Ratings em meados de 2015, depois que o presidente Otavio Marques de Azevedo foi preso sob a acusação de que a construtora, juntamente com a Odebrecht, pagou subornos à Petrobras em troca de contratos. Depois, a empresa concordou em pagar uma multa de R$ 1 bilhão de reais.

A Andrade Gutierrez está conseguindo novos projetos, incluindo em novas barragens da Vale, já que alguns concorrentes, incluindo a Odebrecht, ainda enfrentam dificuldades para retomar seus negócios.

Repórteres da matéria original: Aline Oyamada em São Paulo, aoyamada3@bloomberg.net;Pablo Gonzalez em São Paulo, pgonzalez49@bloomberg.net