PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

China nega suspensão de programa entre bolsas Xangai-Londres

Bloomberg News

03/01/2020 07h17

(Bloomberg) -- A China negou informações de que um programa entre as bolsas de valores de Xangai e Londres tenha sido interrompido.

O link entre as duas bolsas de valores opera normalmente desde junho, informou a Comissão de Valores Mobiliários da China em conferência de imprensa na sexta-feira. O regulador notou que algumas empresas adiaram a emissão de recibos de depósito globais e respeita a liberdade de decisão sobre o prazo com base nas necessidades de financiamento e condições de mercado, disse o porta-voz da comissão, Chang Depeng.

"O Shangai-London Stock Connect é uma iniciativa importante na abertura financeira da China; é fundamental para expandir os canais de investimento e financiamento além das fronteiras bilateralmente", afirmou. "Desde junho de 2019, o link está operando normalmente."

O governo chinês teria suspendido temporariamente o programa Shangai-London Stock Connect por motivos políticos, pessoas a par do assunto disseram anteriormente à Bloomberg. Uma pessoa disse que a postura do Reino Unido sobre os protestos em Hong Kong seria uma das questões que teriam levaram à suspensão. A Reuters havia divulgado a decisão anteriormente.

O link Xangai-Londres foi criado para permitir que empresas listadas em uma bolsa emitissem ações na outra. Até agora, apenas uma única empresa chinesa foi listada em Londres e nenhuma companhia britânica ofertou ações em Xangai.

To contact Bloomberg News staff for this story: Evelyn Yu Shanghai, yyu263@bloomberg.net;Lucille Liu em Pequim, xliu621@bloomberg.net