PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Índia poderia ser próximo foco de vírus com "avalanche" de casos

Muneeza Naqvi, Archana Chaudhary e Bibhudatta Pradhan

17/03/2020 15h41

(Bloomberg) -- A Índia poderia se tornar o próximo foco global de casos de coronavírus. Especialistas alertam que medidas de contenção que funcionaram em outros lugares da Ásia podem não servir para o segundo país mais populoso do mundo.

A nação do sul da Ásia, que até agora registrou 137 casos e três mortes, tenta conter o vírus com o fechamento de fronteiras, medindo a temperatura de pessoas que chegam e rastreando contatos daqueles que deram positivo. Na terça-feira, o Conselho Indiano de Pesquisa Médica anunciou que planeja aumentar a capacidade de testes do país para 8 mil amostras por dia em relação às atuais 500. O diretor-geral do conselho, Balram Bhargava, sustentou que não há "evidência" de transmissão local do vírus.

Mas alguns especialistas no país de 1,3 bilhão de pessoas dizem que isso não será suficiente para conter a propagação. Outras medidas, como testes generalizados e distanciamento social, podem ser inviáveis em cidades com alta densidade populacional e infraestrutura de saúde precária.

Embora o crescimento do número total tenha sido lento até agora, "o número será 10 vezes maior" até 15 de abril, disse T. Jacob John, médico e ex-chefe do Centro de Pesquisa Avançada em Virologia do Conselho Indiano de Pesquisa Médica, uma instituição financiada pelo governo.

"Eles não entendem de que se trata de uma avalanche", disse John. "A cada semana que passa, a avalanche fica cada vez maior."

©2020 Bloomberg L.P.