PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ferramentas de viagens do Google agora incluem dados da pandemia

Eric Rosen

13/08/2020 15h58

(Bloomberg) -- Desde a década de 1990, planejar viagens tem seguido um roteiro básico: pesquisar voos online com base nos destinos desejados e escolher um hotel.

A pandemia de Covid-19 mudou esse antigo procedimento. Mesmo para os que não se intimidam com as preocupações de saúde pública, os voos são limitados devido aos bloqueios de fronteiras que mudam a cada semana. Companhias aéreas adotam enfoques diversos para garantir a segurança. Hotéis precisam ser pesquisados cuidadosamente para garantir que estejam abertos e que tomam as precauções adequadas. Até mesmo planejar uma viagem pode ser exaustivo ao considerar os pontos de controle dos países e regras de quarentenas.

Digite Google, que na quinta-feira lançou um pacote de novos recursos de reserva para voos, hotéis, e ferramentas de pesquisa de viagens a fim de ajudar a desvendar as mudanças das regras em meio à pandemia. Ao digitar Los Angeles, por exemplo, em qualquer um desses mecanismos de reserva e, juntamente com as opções típicas, o usuário também terá acesso a dados em tempo real sobre o número de casos de Covid-19 e quantos voos e hotéis retomaram o serviço. Nenhum outro grande provedor de viagens está exibindo atualmente este nível de detalhe.

Mais comuns entre seus concorrentes, mas novos no Google, são os filtros para alojamento que oferecem políticas de cancelamento gratuitas, além de opções como alertas de viagens emitidos por governos que foram discretamente implementados no início da pandemia.

"A pergunta número 1 que estamos recebendo é: podemos viajar com segurança? E tentamos resolver isso incluindo atualizações de assessoramento em pesquisas de viagens", disse Richard Holden, vice-presidente de gestão de produtos do braço de viagens do Google. "A próxima pergunta é: onde? E quando eu decidir viajar, o que estará funcionando?"

As respostas dependem tanto do risco de exposição de uma pessoa em casa quanto do risco no destino desejado. O Google acredita que possui os dados necessários para ajudar os consumidores a tomar decisões.

©2020 Bloomberg L.P.