Bolsas da China paralisam pregão pela 2ª vez por fortes quedas

Xangai (China), 7 jan (EFE).- As bolsas chinesas de Xangai e Shenzhen suspenderam nesta quinta-feira sua cotação durante 15 minutos, pela segunda vez em sua história, ao registrar quedas superiores a 5% no índice seletivo conjunto CSI-300, segundo as novas regras que passaram a vigorar no início deste ano.

Assim como ocorreu pela primeira vez na última segunda-feira, o primeiro dia em que as novas regras entraram em vigor, as bolsas, que abriram com quedas de 1,94% em Xangai e 2,57% em Shenzhen, foram paralisadas cerca de 30 minutos após o início do pregão.

Se após o reatamento das negociações o índice CSI-300 cair mais de 7%, os dois mercados ficarão fechados até amanhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos