Quênia detém dois homens que falsificavam dólar e euro

Nairóbi, 18 jan (EFE).- A polícia do Quênia deteve dois homens que escondiam em um imóvel de Nairóbi US$ 693 milhões e 369 milhões de euros em notas falsas, junto ao equipamento necessário para confeccioná-las.

Os detidos, de nacionalidade cameronesa e nigerina, foram descobertos graças à denúncia de uma vítima de fraude que caiu em um golpe: eles trocaram 40 milhões de xelins quenianos (cerca de 350 mil euros) por notas de dólares falsas, informaram fontes policiais.

As milhões de notas falsas achadas na casa estavam guardadas em malas e bolsas de viagem, e muitas delas confeccionados com papel normal, mas "habilmente empacotadas" para ter uma aparência de legalidade.

A polícia também apreendeu máquinas de impressão de moeda, produtos químicos e o resto do material necessário para a falsificação de divisa.

O governo do Quênia advertiu sobre o crescente aumento desta atividade delitiva, especialmente nas zonas litorâneas, desde as quais se transporta o dinheiro a outros países.

Neste sentido, pediu aos comerciantes dos escritórios de câmbio de divisa que tomem muita precaução e vigiem as trocas de grandes somas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos