Bolsas

Câmbio

Bolsa de Xangai despenca 6,42% no fechamento

Pequim, 26 jan (EFE).- O índice geral da Bolsa de Xangai, o SSE Composite, desabou 6,42% (188,73 pontos) nesta terça-feira e fechou em 2.749,79.

Após abrir com leve baixa, as perdas do índice de referência de Xangai se elevaram até quase 7% na última e volátil hora antes do fechamento.

A Bolsa de Shenzhen, a segunda em importância do país, também viveu um dia similar e o índice de referência SZSE Component chegou a acumular perdas de 6,96% (708,98 pontos), fechando em 9.483,55.

Além disso, o péssimo desempenho das instáveis bolsas chinesas acontece em um dia marcado pela nova injeção do banco central chinês, a quarta da última semana e a maior em um único dia desde 2013.

O Banco Popular da China injetou no sistema financeiro um total de 440 bilhões de iuanes (US$ 67 bilhões) para aumentar sua liquidez antes das férias do Ano Novo lunar.

Até hoje, as voláteis bolsas chinesas estavam vivendo um período de relativa estabilidade depois da crise do início do mês, quando os pregões do país estremeceram o mundo com perdas superiores a todo o ganho de 2015.

A China tentou então de aplacar as perdas com um novo mecanismo de "circuit braker" do mercado que estreou neste mês de janeiro e que dias depois foi suspenso por provocar o efeito contrário ao desejado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos