Dow Jones fecha em baixa de 0,13%

Nova York, 19 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,13%.

Ao final do pregão, o principal índice da Bolsa de Nova York caiu 21,85 pontos, para 16.391,58. Já o seletivo S&P 500 terminou sem variação percentual, em 1.917,76 pontos, enquanto o índice composto da Nasdaq somou 16,89 pontos, até 4.504,43.

Os operadores em Nova York protagonizaram um pregão volátil que começou com perdas causadas por uma nova queda do preço do petróleo nos mercados internacionais.

O barril do Texas, de referência no país, caiu 3,67% e fechou em Nova York em US$ 29,64, enquanto o Brent, de referência na Europa e em outros mercados, caiu em Londres 3,70% e terminou em US$ 33,01.

Na reta final, os investidores recuperaram posições, pondo fim à melhor semana dos três indicadores de referência de Wall Street desde o começo do ano, com o Nasdaq no positivo.

Os setores fecharam divididos, com baixas nos de matérias-primas (-0,81%), energético (-0,51%), industrial (-0,04%) e financeiro (-0,02 %) e altas nos de tecnologia (0,26%) e saúde (0,13 %).

A Intel (-2,41%) liderou as baixas no Dow Jones, seguida por Boeing (-2,05%), Caterpillar (-1,06%), Microsoft (-0,71%), Travelers (-0,70%), McDonald's (-0,62%), Goldman Sachs (-0,56%), Merck (-0,40%) e Procter & Gamble (-0,27%).

As altas foram lideradas pela Home Depot (1,43%), seguida por Nike (1,19%), American Express (1,02%), Wal-Mart (0,86%), Johnson & Johnson (0,65%), IBM (0,47%), Cisco Systems (0,45%), Visa (0,41%) ou Coca-Cola (0,32%).

Fora desse índice, a Yahoo! subiu 2,11% no mercado Nasdaq após anunciar que criou um comitê independente e contratou assessores de dois bancos para explorar "alternativas estratégicas", o que confirma que a empresa considera uma possível venda.

Em outros mercados, o ouro subia a US$ 1.228,2 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos subia para 1,756%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos