Bolsas

Câmbio

Espanha espera formar Governo para confirmar participação na EXPO 2017

Astaná, 24 feb (EFE).- A Espanha espera formar Governo para confirmar sua participação na EXPO 2017 que será realizada em Astana, no Cazaquistão, enquanto demonstra um grande interesse em comparacer no evento, disse nesta quarta-feira à Agência Efe o embaixador espanhol no país, Pedro José Sanz.

"Na situação atual do Governo, não podemos confirmar nossa participação. Acreditamos que devemos estar, porque nosso país sempre participa de exposições internacionais, mas agora temos que esperar", disse Sanz.

O embaixador espanhol esteve nesta quarta-feira entre os 300 representantes de mais de 100 países convidados para a EXPO no Cazaquistão, reunidos em Astana para preparar a grande reunião internacional com a qual o país espera se consolidar como potência regional da Ásia Central.

As energias renováveis, que será tema da EXPO 2017, "são algo muito interessante para a Espanha e suas empresas, porque trata-se de um âmbito na qual temos muitas conquistas", disse Sanz

O pavilhão que a Espanha espera construir em Astana "permitirá mostrar todo nosso potencial em energias renováveis, um campo no qual somos uma potência", disse Jesús Obregón, representante da Sociedade Estatal para a Ação Cultural da Espanha, o organismo encarregado de organizar a participação do país neste tipo de evento.

"Podemos contribuir muito em matéria de melhores práticas em eficiência energética. Já temos muitas empresas presentes no Cazaquistão e temos que aproveitar a oportunidade dada na EXPO", disse Obrégon, confiando que a Espanha não deixará de participar do evento ao qual nunca se ausentou nas últimas décadas.

O Cazaquistão "é um país que teve um desenvolvimento tremendo e há muitos campos em que as empresas espanholas poderiam contruibuir, e assim acreditam também as autoridades cazaques", disse Obrégon, que garantiu que a "Espanha é muito bem vista" pelo país centro-asiático.

A Espanha é um dos 30 países convidados para EXPO 2017 que foram hoje à reunião preparatória sem confirmar oficialmente sua participação, uma vez que outros 75 já confirmaram o comparecimento.

O Cazaquistão - o nono país do mundo em extensão e muito rico em recursos naturais, incluidos alguns dos mais escassos no planeta, como o urânio - pretende arrecadar cerca de 330 milhões de euros dos patrocionadores, venda de entradas e serviços durante a EXPO internacional que começará em junho do ano que vem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos