PIB da zona do euro avança 0,6% no primeiro trimestre e da UE 0,5%

Bruxelas, 7 jun (EFE).- A economia da zona do euro cresceu 0,6% no primeiro trimestre do ano com relação ao trimestre anterior, e da União Europeia (UE) avançou 0,5%, de acordo com a segunda revisão de dados publicada nesta terça-feira pelo escritório comunitário de estatística, Eurostat.

O escritório lembrou em comunicado que o PIB corrigido segundo as variações estacionais tinha subido 0,4% na zona do euro e 0,5% nos vinte E oito no quarto trimestre.

Em comparação com o primeiro trimestre do ano anterior, o PIB cresceu 1,7% e 1,8%, respectivamente.

Entre os Estados-membros para os quais há dados do primeiro trimestre disponíveis, Romênia (1,6%); Chipre (0,9%); Espanha, Lituânia, Áustria e Eslováquia (0,8% cada um), e Bulgária e Alemanha (0,7% cada um) registraram as maiores altas da taxa de crescimento frente ao trimestre precedente.

Ao contrário, as principais quedas estão Hungria (-0,8%), Grécia (-0,5%) e Polônia (-0,1%), enquanto o PIB permaneceu estável na Estônia.

No que se refere aos componentes do PIB e sua contribuição ao crescimento, entre janeiro e março a despesa de consumo final das famílias aumentou 0,6% tanto nos países da moeda única como no conjunto da União (após obter respectivamente altas de 0,3% e 0,4% no trimestre precedente).

A formação bruta de capital fixo progrediu 0,8% na zona do euro e 0,5% nos vinte E oito (após as altas de 1,4% e 1,1%, respectivamente), enquanto as exportações subiram 0,4% nas duas áreas (após crescer 0,7% e 0,8%, respectivamente) e, as importações, 0,7% e 0,9% (após um aumento de 1,4% em ambas zonas).

Por outro lado, a contribuição da despesa de consumo final dos lares ao crescimento do PIB foi positiva tanto na zona do euro como na UE, com 0,3% e 0,4%.

A contribuição da formação bruta de capital fixo também resultou positiva para o crescimento do PIB nas duas áreas, 0,2% e 0,1%, respectivamente.

No referente ao comércio exterior, sua contribuição foi negativa em ambas zonas, enquanto resultou positiva a contribuição das variações de stock.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos