Bolsas

Câmbio

FMI alerta para "momento decisivo" na zona do euro por divisões internas

Washington, 16 jun (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou nesta quinta-feira que a zona do euro se encontra em "um momento decisivo" devido às "crescentes divisões" internas e ao auge do euroceticismo, algo que a possibilidade do Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia) "poderia exacerbar".

"A zona do euro se encontra em um momento decisivo. As crescentes divisões políticas e o euroceticismo debilitaram as perspectivas de uma ação coletiva, deixando o euro cada vez mais vulnerável a vários riscos", afirmou o FMI em comunicado antes do término de sua revisão anual da economia da zona do euro, conhecido como Artigo IV.

O FMI ressaltou que "um voto a favor da saída do Reino Unido da União Europeia, ou inclusive uma vitória apertada da permanência, poderia exacerbar estas tensões, o que contribuiria para um maior euroceticismo e incerteza".

Apesar da recuperação da zona do euro "ter se fortalecido nos últimos dois trimestres", a instituição financeira internacional enfatizou que as perspectivas a médio prazo são "ainda frágeis", devido aos "legados da crise" como os altos níveis de dívida pública e privada, o elevado nível de inadimplência em alguns sistemas bancários e o alto desemprego.

A instituição também lembrou que a inflação e as expectativas inflacionárias seguem "persistentemente baixas", de modo que, sem "medidas coletivas" para impulsionar o crescimento, o risco de estagnação aumenta e a possibilidade de "repetidas crises de confiança".

As últimas projeções do FMI para a zona do euro, divulgadas em abril, situaram o crescimento estimado em 1,5% para 2016 e 1,6% para 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos