Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,39%

Nova York, 2 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em alta de 0,39%, após a divulgação de um dado pior que o esperado sobre o emprego nos Estados Unidos, o que afasta a possibilidade de uma alta iminente das taxas de juros no país.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York somou 72,66 pontos, para 18.491,96. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,42%, até 2.179,98, enquanto o índice composto da Nasdaq avançou 0,43%, aos 5.249,90 pontos.

Os operadores do pregão nova-iorquino apostaram nas compras desde os primeiros compassos da jornada após a divulgação de um dado ruim sobre a evolução do emprego nos EUA que afasta a possibilidade de um aumento iminente dos juros.

O índice de desemprego se manteve sem mudanças em agosto, em 4,9%, após a criação de 151.000 novos postos de trabalho, o que representa uma desaceleração do mercado de trabalho e abaixo dos 170.00 que os economistas tinham previsto.

O Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), que se encarrega da política monetária, se reunirá no final do mês para decidir se volta a subir os juros, e um dos dados que mais leva em conta é justamente a evolução do emprego.

Os investidores também celebraram uma forte alta do petróleo nos mercados internacionais, onde o barril do Texas subiu 2,97% e fechou a US$ 44,44 em Nova York e o Brent avançou 3,03% em Londres e terminou o dia em US$ 46,83.

Todos os setores em Wall Street fecharam com lucros, entre os quais se destacaram o energético (1,48%), o de matérias-primas (1,31%), o financeiro (0,7%), o industrial (0,64%) e o tecnológico (0,44%).

A Boeing (0,97%) liderou os lucro entre a grande maioria dos 30 componentes do Dow Jones, na frente de Apple (0,94%), Visa (0,89%), Cisco Systems (0,79%), Chevron (0,72%), Coca-Cola (0,72%), Home Depot (0,69%) e Exxon Mobil (0,68%).

Também subiram mais de um meio ponto percentual Unitedhealth (0,64%), Verizon (0,59%), Dupont (0,52%) e American Express (0,51%) enquanto só fecharam com números vermelhos Nike (-0,89%), Wal-Mart (-0,47%) e Procter & Gamble (-0,1%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.329,6, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos avançava até 1,604%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos