Bolsas

Câmbio

IPhone 7 chega às lojas amanhã com alguns modelos já esgotados

Los Angeles (EUA), 15 set (EFE).- O iPhone 7, a última versão do telefone inteligente da Apple, estará disponível para a venda nesta sexta-feira e a expectativa por seu lançamento fez com alguns de seus modelos se esgotassem ainda no período de reservas através de internet.

Através de um comunicado, a Apple informou que o iPhone 7 Plus, o modelo de luxo e mais avançado de seu novo dispositivo, e o iPhone 7 em cor preta brilhante "não estarão disponíveis para os clientes" amanhã nos estabelecimentos porque seus estoques iniciais se esgotaram devido às encomendas feitas no site oficial.

Por outro lado, haverá "quantidades limitadas" nas cores dourado, rosa dourado, prata e preta do iPhone 7, que, entre suas novidades, inclui uma câmera com recursos mais profissionais, mais tempo de bateria, resistência à água e o desaparecimento da entrada clássica para fones de ouvido.

"Os clientes podem continuar encomendando todos os modelos em todas as cores no site apple.com. Agradecemos sinceramente a paciência de nossos clientes enquanto trabalhamos para que o novo iPhone esteja nas mãos de todos que o quiserem o mais rápido possível", acrescentou a empresa de tecnologia em sua nota.

Este é o primeiro indício da aceitação comercial do dispositivo, já que a Apple comunicou esta semana que, ao contrário de outros anos, não detalharia quantitativamente as encomendas que recebeu antes do lançamento comercial de seu novo produto.

A companhia argumentou que, nesta ocasião, "as vendas iniciais do iPhone 7 serão regidas pelas estoques, e não pela demanda", por isso decidiram que os dados de encomendas já não são "representativos" para investidores e clientes.

De qualquer maneira, a notícia de que os estoques de alguns modelos do iPhone 7 estavam esgotados deu força às ações da Apple, cujo valor chegou hoje perto de US$ 115 dólares, seu recorde neste ano.

O iPhone 7, que foi apresentado no dia 7 de setembro pelo executivo-chefe da Apple, Tim Cook, chegará amanhã aos estabelecimentos de mais de 25 países e nas redes sociais já circulam imagens de pessoas fazendo filas e acampando durante horas para poder adquirir seu telefone.

A nova geração do iPhone não conta com um 'jack' para fones de ouvido, o que permitia a conexão de fones e microfones com cabo, uma novidade que, segundo a Apple, permitiu desenvolver um aparelho resistente à água (durante 30 minutos como máximo e a uma profundidade de um metro) e com mais bateria.

Além disso, o iPhone 7 inclui uma câmera de 12 megapixels, com um conjunto de lentes para obter imagens de grande qualidade em baixas condições de luz, enquanto o modelo Plus conta com duas câmeras com lentes diferentes (grande angular e teleobjetiva), que permitem emular a qualidade das câmeras tradicionais, utilizar um zoom óptico e outros efeitos profissionais.

Dependendo do país, os preços do iPhone 7 oscilarão entre US$ 649 e US$ 849 e os do modelo Plus, entre US$ 769 e US$ 969.

O lançamento do iPhone 7 chega em um momento sensível para a Apple, já que seus lucros caíram 27% durante o terceiro trimestre de seu ano fiscal, que terminou no dia 25 de junho, para US$ 7,8 bilhões, principalmente pela queda nas vendas do iPhone.

A Apple vendeu 40,4 milhões de iPhones nesse trimestre, enquanto no mesmo período do ano fiscal anterior foram 47,5 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos