Bolsas

Câmbio

OCDE alerta sobre risco de bolhas provocados por baixas taxas de juros

Paris, 21 set (EFE).- A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) alertou nesta quarta-feira sobre as distorções geradas no sistema financeiro pelo prolongamento de um nível excepcionalmente baixo das taxas de juros, o que acarreta riscos de bolhas especulativas e que não está sendo aproveitado o suficiente para reaquecer a economia mundial.

A economista-chefe da OCDE, Catherine Mann, afirmou que há um "risco potencial" de bolhas tendo em vista a evolução da cotação das ações, que não corresponde com o desempenho das empresas, e dos preços imobiliários, que subiram muito em países como os Estados Unidos e o Reino Unido.

Na apresentação de um relatório de perspectivas sobre a economia mundial, Mann insistiu no fato que a política monetária de baixas taxas de juros dos bancos centrais foi o único suporte para o crescimento. No entanto, para ela, a medida não é por si só efetiva.

"Uma economia global que cresce 3% não é suficientemente robusta", indicou a economista-chefe da OCDE.

Para Mann, é preciso que os bancos centrais levem em consideração as distorções provocadas pelas políticas de juros baixos em contraste com os limitados benefícios que elas trazem. Segundo ela, há fatores além dos juros freando os investimentos e desacelerando o comércio global, apesar da distância para a última crise mundial.

Para ilustrar as ameaças para o sistema financeiro, a economista-chefe da OCDE indicou que a evolução dos bancos nas bolsas está sendo muito pior que o dos principais indicadores do mercado. Outro efeito preocupante, segundo ela, é a deterioração da rentabilidade dos fundos de previdência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos