Bolsas

Câmbio

Venezuela afirma que passará a ser maior exportador de gás da América Latina

Caracas, 3 out (EFE).- O ministro de Energia da Venezuela, Eulogio Del Pino, afirmou nesta segunda-feira que a Venezuela se transformará no maior exportador de gás da América Latina, já que será capaz de produzir 1,2 bilhão de pés cúbicos (MMPCD) e 28 mil barris diários (MBD) de gás condensado.

Essa produção será alcançada no projeto Mariscal Sucre, que abrange quatro enormes campos localizados no norte da Península de Paria: Dragón, Patao, Mejillones e Río Caribe.

"Em menos de um ano, o projeto Cardón, desenvolvido no Golfo da Venezuela, está produzindo quase 600 milhões de pés cúbicos diários. Por sua parte, o Campo Dragón começará produzindo 300 MMPCD e junto com os restos dos campos que formam o Projeto Mariscal Sucre se poderá chegar a mais de 1.000 MMPCD nos próximos anos", disse.

A estatal Petróleos de Venezuela S.A (PDVSA) é a empresa que desenvolve o projeto. Segundo o ministro, os trabalhos estão 90% concluídos.

O presidente da PDVSA afirmou que está negociando acordos de exportação com Trinidad e Tobago, Aruba, Curaçao e Jamaica. Já a Colômbia deve comprar parte do gás produzido nos campos do Golfo Da Venezuela a partir de 1º de dezembro de 2016.

"O gás venezuelano vai se propagar por toda a região. Desta maneira, diversificamos as receitas em moeda estrangeira da nação com novos projetos energéticos", afirmou Del Pino.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos