Dow Jones fecha em alta de 1,17% e registra novo recorde

Nova York, 10 nov (EFE).- O Dow Jones Industrial, principal índice da Bolsa de Nova York, fechou nesta quinta-feira em alta de 1,17% e registrou seu novo recorde, que agora é de 18.807,88 pontos.

Já o seletivo S&P 500 avançou 0,2%, para 2.167,48 pontos, e o índice composto da Nasdaq seguiu na contramão ao cair 0,81% e fechar aos 5.208,80.

Analistas do mercado atribuíram este comportamento diverso em Wall Street ao reposicionamento que os investidores estão fazendo depois da surpreendente vitória do magnata nova-iorquino Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Os operadores já estão fazendo suas apostas para ver quem será o próximo secretário do Tesouro, e um dos nomes mais mencionados é o do executivo-chefe do JPMorgan, Jamie Dimon, segundo o canal financeiro "CNBC".

Justamente as ações do JPMorgan tiveram a maior valorização do dia (4,64%) no Dow Jones, seguida pelas dos títulos de Goldman Sachs (4,28%), Pfizer (4,27%), IBM (3,49%), United Technologies (3,43%), Unitedhealth (2,98%), General Electric (2,63%), Travelers (2,51%) e Caterpillar (2,47%).

As quedas mais acentuadas foram dos papéis de Procter & Gamble (-3,46%), Coca-Cola (-3,15%), Apple (-2,79%), Verizon (-2,44%), Microsoft (-2,44%), Visa (-1,65%), Nike (-1,43%) e Cisco Systems (-1,15%).

No momento do fechamento do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.257,60, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos aumentava para 2,136%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos