Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,11% e com 3º recorde consecutivo

Nova York, 14 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em alta de 0,11%, o que lhe rendeu seu terceiro recorde consecutivo, além de completar seis pregões seguidos com valorização, ainda em repercussão à vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais nos Estados Unidos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 21,03 pontos e ficou com 18.868,69. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,01%, para 2.164,20 pontos, e o índice composto da Nasdaq recuou 0,36% e fechou aos 5.218,40.

O analista da bolsa Naeem Aslam disse à rede de televisão "CNBC" que as últimas declarações do presidente eleito permitiram aos investidores "voltarem a confiar que a pessoa que liderará a maior economia do mundo começou a pensar de forma mais lógica".

No Dow Jones, as quedas mais expressivas foram das ações de Visa (-4,27%), Apple (-2,48%), IBM (-1,9%), Home Depot (-1,68%), Johnson & Johnson (-1,58%), Microsoft (-1,52%), 3M (-1,24%), Nike (-1,1%), Verizon (-1,09%) e Wal-Mart (-1,04%).

As principais altas foram dos papéis de Unitedhealth (4%), JPMorgan (3,68%), McDonald's (3,19%), American Express (2,72%), Goldman Sachs (2,57%), Travelers (1,72%), Caterpillar (1,25%), Boeing (0,99%) e Coca-Cola (0,34%).

No momento do fechamento do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.221,60, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos aumentava para 2,247%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos