Corte pactuado de produção de petróleo já está 70% cumprido, diz Venezuela

Viena, 22 jan (EFE).- O ministro do Petróleo da Venezuela, Nelson Martínez, afirmou neste domingo em Viena que o corte pactuado entre os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros grandes produtores para retirar do mercado 1,8 milhão de barris diários (mb/d) já está sendo cumprido em 70%.

Os ministros de Arábia Saudita, Catar, Argélia e Venezuela, todos membros da Opep, se reúnem hoje com outros grandes produtores de fora do grupo, como a Rússia, para supervisionar o acordo para reduzir a produção nos primeiros seis meses de 2017.

O grau de cumprimento desse pacto é "bastante alto, já esta ao redor de 70%", declarou à Agência Efe o ministro venezuelano antes do encontro, para o qual ele revelou ter boas expectativas.

Martínez declarou que se fala que já foram retirados do mercado 1,5 mb/d do total de 1,8 estipulado. Nesse sentido, lembrou que a Venezuela se comprometeu a cortar sua produção de 2,065 mb/d até 1,97 mb/d e revelou que 50% dessa meta já foi atingida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos