Trump assina ordem para eliminar "excessivas" regulações empresariais

Washington, 24 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta sexta-feira uma ordem executiva para eliminar as "excessivas" regulações empresariais que, em sua opinião, estão obstaculizando a criação de empresas e de empregos.

O decreto, do qual ainda se desconhecem os detalhes, ordena a todas as agências federais que estabeleçam equipes de trabalho que recomendem regulações que possam ser eliminadas.

"As excessivas regulações estão matando empregos, levando as empresas a deixar nosso país como nunca antes", declarou Trump na cerimônia de assinatura na Casa Branca, na qual esteve rodeado de executivos-chefes de empresas como Dow Chemical, 3M, Lockheed Martin e Johson and Johnson.

"Vamos nos assegurar que cada agência tenha uma equipe dedicada a investigar todas as regulações que são desnecessárias, de modo que possamos buscar soluções", acrescentou Trump.

Segundo o presidente, que acaba de completar um mês no cargo, toda regulação deve responder a uma premissa básica de se "melhora a vida e a segurança dos trabalhadores e dos consumidores americanos".

Em um discurso hoje na Conferência Anual de Ação Política Conservadora (CPAC), Trump disse que as regulações atuais são "repetitivas" e que é possível eliminar até 75% dessas normas setoriais ou industriais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos