Bolsas

Câmbio

Kremlin nega que ciberespionagem russa ao Yahoo!

Moscou, 16 mar (EFE).- O Kremlin negou nesta quinta-feira as acusações do governo dos Estados Unidos, que anunciou ontem uma investigação contra quatro cidadãos russos, entre eles dois agentes dos serviços secretos, por roubar dados de milhões de usuários do Yahoo!.

"Não se pode falar de envolvimento oficial de qualquer instituição russa, incluído o Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB), em ações ilegais no espaço cibernético", disse hoje aos jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

O Departamento de Justiça dos EUA, acrescentou o funcionário russo, "não se dirigiu pelos canais oficiais" às autoridades da Rússia para denunciar os supostos ciberataques contra o gigante informático americano.

"A Rússia sempre teve interesse em cooperar na luta contra a criminalidade cibernética. É um assunto prioritário nos tempos que correm", ressaltou Peskov.

A autoridade americano acusa os espiões russos de roubar dados do Yahoo! com o objetivo de ter acesso a informações privadas na internet de jornalistas russos e funcionários americanos e do próprio Kremlin.

Os dois espiões russos acusados são Dmitri Dokuchaev e Igor Sushchin, que trabalham para o FSB e se dedicam supostamente a investigar crimes cibernéticos, detalhou ontem em entrevista coletiva uma das responsáveis pela investigação, Mary McCord.

Os espiões russos e dois hackers são acusados de roubar em 2014 dados de 500 milhões de usuários da empresa tecnológica Yahoo!, que também sofreu em 2013 outro ataque cibernético que afetou outros 1 bilhão de contas de e-mail abertas neste portal.

Os dois "hackers" acusados são Karim Baratov, detido na terça-feira no Canadá, e Alexey Belan, um dos hackers mais procurados pelo FBI e que já foi acusado nos EUA em 2012 e 2013 por ataques cibernéticos que afetaram milhões de pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos