EUA proíbe aparelhos eletrônicos em voos de países do O.Médio e da África

Washington, 21 mar (EFE).- O governo americano aplicará a partir desta terça-feira uma ordem que obrigará a despachar aparelhos eletrônicos de tamanho maior que o de um telefone celular em voos procedentes de oito países de maioria muçulmana do Oriente Médio e da África.

Dessa forma, os passageiros de voos sem escalas rumo aos EUA procedentes desses países não poderão levar na bagagem de mão aparelhos eletrônicos como computadores portáteis e tablets.

A proibição afetará cerca de 50 voos diários para o território americano procedentes de dez aeroportos internacionais em oito países: Jordânia, Kuwait, Egito, Turquia, Arábia Saudita, Marrocos, Catar e Emirados Árabes.

De acordo com funcionários do Departamento de Segurança Nacional (DHS), que pediram para não serem identificados, a proibição não se baseia em alguma ameaça concreta nem risco de um ataque iminente. Segundo as fontes, o governo do presidente Donald Trump determinou que é necessário melhorar os procedimentos de segurança para os passageiros de certos voos sem escalas rumo aos EUA.

Até o momento, as autoridades americanas apenas pediam para que os aparelhos fossem ligados antes do embarque por temor de um possível atentado, mas nunca havia proibido a entrada com tablets, videogames ou computadores.

A restrição chega depois da segunda ordem executiva de Trump para vetar a entrada, durante 90 dias, de viajantes de seis países de maioria muçulmana e suspender por 120 dias o programa de amparo de refugiados por temor à chegada de terroristas.

Essa ordem, revisada pelo governo desde a proibição original, emitida em janeiro, para evitar problemas com a Justiça, foi também suspensa temporariamente por ordem de dois juízes federais e, por enquanto, não pode ser posta em prática.

Até agora, a Jordânia já começou a aplicar a nova proibição, enquanto a Arábia Saudita anunciou que cumprirá a medida a partir de desta quarta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos