Bolsas

Câmbio

Ciberataque global se propagou por pelo menos 2 variantes do vírus WannaCry

Madri, 14 mai (EFE).- Até o momento, foram detectadas duas variantes do vírus WannaCry que gerou o ciberataque em escala global que começou na sexta-feira, informou neste domingo o Instituto Nacional de Cibersegurança espanhol (Incibe).

Trata-se de WannaCrypt.A e WannaCrypt.B, que agem de modo diferente, segundo informa o organismo de cibersegurança espanhol em um comunicado.

O primeiro realiza "uma tentativa de conexão" a um site codificado internamente e, se tiver sucesso, não cifra nenhum documento; mas caso contrário, se não tiver sucesso, "começa a cifrar documentos e solicita o pagamento do resgate dos arquivos cifrados".

A segunda variante começa "imediatamente" a cifrar arquivos para, depois, solicitar o pagamento do resgate dos documentos cifrados.

Nas últimas 24 horas foram detectados em escala global 100 mil equipamentos infectados em 166 países da variante WannaCrypt.A, segundo dados do Incibe, e da segunda variante (WannaCrypt.B), o organismo espanhol não tem dados disponíveis.

Hoje, o diretor da Europol, Rob Wainwright, declarou que o ciberataque em massa de sexta-feira afetou 200 mil aparelhos em "pelo menos 150 países" e advertiu que estas cifras continuarão crescendo a partir de amanhã, segunda-feira, quando as empresas e instituições voltarem a ter atividade completa.

Segundo o Incibe, a propagação está sendo "contida" graças aos mecanismos de prevenção que estão sendo publicados e divulgados a nível mundial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos