Bolsas

Câmbio

Grupos argentino e suíço vão explorar jazida de Vaca Muerta na Argentina

Buenos Aires, 27 jul (EFE).- O grupo argentino Andes Energía e a petroleira suíça Mercuria, através da Petsa, sua filial no país, se unirão para explorar a jazida de Vaca Muerta, uma das maiores formações de hidrocarbonetos não convencionais do mundo.

A nova companhia se chamará Phoenix Global Resources e nasce para aumentar a presença nos campos "mais prolíficos de petróleo convencional e não convencional do país, ao somar os ativos em produção e exploração na Argentina", afirmaram as duas empresas em um comunicado conjunto divulgado nesta quinta-feira.

A exploração da jazida ocorrerá nas províncias de Neuquén e Mendoza, no oeste da Argentina. A Mercuria já contava com 8% de participação na Andes Energía.

A petroleira suíça terá 75% das ações da nova companhia, deixando os 25% restantes para os sócios da Andes Energía.

A Phoenix Global Resources combinará reservas de 60,9 milhões de barris e uma produção a 11 mil barris diários. Após a fusão, a empresa terá 120 mil hectares em Vaca Muera, se tornando a principal companhia da região.

A Vaca Muerta é uma das maiores formações não convencionais de hidrocarbonetos do mundo. A exploração da jazida é duramente criticada por ambientalistas, agricultores e indígenas de Neuquén, que denunciam a libertação de grandes quantidades de gás metano no processo e a contaminação dos aquíferos da região.

Para os novos projetos em Vaca Muerta e outros planos na Argentina, a Phoenix Global Resources prevê um investimento de US$ 160 milhões no próximo ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos