Bolsas

Câmbio

Astana inaugura 62ª conferência de desarmamento nuclear de Pugwash

Astana, 25 ago (EFE).- O presidente do Senado do Cazaquistão, Kasym Zhomart Tokayev, defendeu "construir um mundo mais seguro a partir da cooperação internacional, e não a dissuasão nuclear", durante o seu discurso inaugural da 62ª Conferência de Pugwash.

No marco do encontro, que acontece em Astana até o dia 29 de agosto sob o lema "Enfrentando novos perigos nucleares", Tokayev também pediu a todos os Estados para "intensificar os esforços internacionais para fortalecer o regime do Tratado de Não-Proliferação nuclear".

O presidente do Senado fez referência também ao Banco de Armazenamento de Urânio de Baixo Enriquecimento do Organismo Internacional de Energia Atômica (OIEA), que será inaugurado na próxima terça-feira na cidade cazaque de Oskemen.

"A criação deste banco de armazenamento no Cazaquistão proporcionará garantias para todos os países no desenvolvimento da energia nuclear", assegurou Tokayev, que já foi primeiro-ministro do país.

Ao comentar o discurso de Tokayev, o brasileiro Sérgio Duarte, membro do Conselho de Pugwash e ex-alto representante das Nações Unidas para Assuntos de Desarmamento, disse à Agência Efe que o mundo está em uma situação "muito complexa, porque a possibilidade de uma catástrofe nuclear parece mais próxima".

"Desde a 'crise dos mísseis' de Cuba em 1962, o mundo não via um confronto verbal tão forte como o que está acontecendo agora entre os Estados Unidos e a República Popular Democrática da Coreia", afirmou o diplomata brasileiro.

O presidente da Conferência de Pugwash, Jayantha Dhanapala, disse que o Cazaquistão obteve méritos para sediar a reunião deste ano, que acolhe mais de 200 delegados de 46 países, porque ofereceu "muitas iniciativas para enfrentar as ameaças nucleares".

"O Cazaquistão fechou o polígono de testes nucleares, ofereceu iniciativas às Nações Unidas ao declarar o dia 29 de agosto como Dia Internacional de ação contra os testes atômicos e também entendemos que a 'zona livre de armas nucleares' é um conceito para o qual o Cazaquistão contribuiu", argumentou Dhanapala.

Em 1991, o presidente cazaque, Nursultan Nazarbayev, fechou o polígono de testes atômicos de Semipalatinsk e renunciou ao quarto maior arsenal mundial de armas nucleares, que o país centro-asiático herdou da União Soviética.

O movimento Pugwash foi fundado em 1957 no Canadá e ganhou o Nobel da Paz em 1995 pelos seus esforços no desarmamento nuclear.

Com estas conferências se busca chegar a um mundo livre de armas nucleares e de outros armamentos de destruição em massa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos