Bolsas

Câmbio

Em crise financeira, Air Berlin cancela mais de 100 voos na Alemanha

Berlim, 12 set (EFE).- A companhia aérea alemã Air Berlin, que no último dia 15 de agosto se declarou insolvente, informou nesta terçã-feira que foi obrigada a cancelar numerosos voos, por conta de uma onda de licença médica entre os pilotos.

"A Air Berlin está registrando um número excepcionalmente elevado de licença médica entre os seus pilotos. Por este motivo, alguns voos deverão ser cancelado hoje. Lamentamos os inconvenientes para os passageiros", informou em uma mensagem publicada em seu site.

De acordo com o jornal alemão "Bild", pelo menos 127 voos, nacionais e internacionais, foram cancelados devidos à revolta dos pilotos contra a direção da empresa.

"É um puro ato de desespero. Nós lamentamos pelos passageiros, mas lutamos pela nossa existência", disse um piloto.

A direção da Air Berlin, acrescentou o jornal, suspendeu ontem as negociações com um potencial novo comprador da companhia aérea para a absorção de mais de 1,2 mil pilotos da empresa quebrada.

Esta manhã já eram 127 voos e milhares os passageiros afetados, e o número provavelmente aumentará, diz o "Bild", afirmando que praticamente todos os aviões da Air Berlim permanecerão em terra.

"Lamentamos o cancelamento de voos por razões operacionais. Verifique o status do seu voo antes de ir ao aeroporto", disse a Air Berlin, através do Twitter.

A oferta mais recente para assumir a companhia é do empresário Hans Rudolf Wohrl, que na noite do último domingo tinha informado sua disposição de adquirir a Air Berlin por até 500 milhões de euros, uma oferta que já havia sido transferida para a companhia aérea quebrada.

Logo após a falência da Air Berlin, o governo alemão concedeu um crédito de 150 milhões de euros a empresa para que pudesse continuar operando normalmente e poder dar tempo a negociações para uma possível compra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos