Bolsas

Câmbio

Trump detalhará plano de reforma fiscal em discurso na quarta-feira

Washington, 25 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fará nesta quarta-feira um discurso em Indianápolis (Indiana) no qual dará mais detalhes sobre seu plano de reforma fiscal, uma das grandes apostas de seu governo e no qual se espera que inclua um notável corte de impostos às corporações americanas.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, anunciou hoje durante uma entrevista coletiva que Trump viajará para Indianápolis na quarta-feira e dará um discurso "sobre os históricos cortes de impostos e reformas dos quais esteve falando com membros do Congresso".

"O presidente falará de novos detalhes sobre o marco em que se farão estes recortes e reformas. Esses detalhes incluirão propostas específicas de taxas impositivas para indivíduos, pequenos negócios e corporações", explicou Sanders.

"Também abordará a eliminação dos vazios legais que ceifaram o código fiscal atual e fizeram com que esteja a favor dos que são ricos e têm bons contatos", acrescentou.

A Casa Branca não deu maiores detalhes até agora sobre o plano de reforma fiscal de Trump, além da vontade do presidente em reduzir para 15% a taxa impositiva que as empresas pagam nos Estados Unidos, que atualmente é de 35%.

Os analistas consideram que o patamar de 15% é pouco realista, dada a necessidade de atender às obrigações orçamentais, e assinalaram que uma cifra mais prática seria de entre 20% e 25%.

O presidente da Câmara de Representantes dos EUA, o republicano Paul Ryan, já tinha antecipado neste mês que o primeiro "rascunho" com detalhes sobre a reforma fiscal seria apresentado esta semana, o que encaixa com a data do discurso de Trump.

O debate no Congresso sobre a reforma fiscal representará um novo desafio para Trump e o Partido Republicano, que já fracassou várias vezes na hora de aprovar uma nova lei de saúde e deixou em evidência suas divisões internas e as tensões de seus líderes com a Casa Branca.

A porta-voz da Casa Branca também prometeu hoje que o plano fiscal de Trump permitirá aos trabalhadores americanos "competir em condições igualitárias, como merecem".

"Estes cortes e reformas produzirão uma criação de emprego e um crescimento econômico em massa, e temos certeza que o povo americano ficará muito entusiasmado com o que estamos propondo", acrescentou Sanders.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos